“Os Vingadores”

10 maio

Os heróis fazem parte da nossa vida desde quando começamos a interagir com histórias em quadrinhos e desenhos animados. Cada um de nós sentiu de imediato a vontade de ser um deles, ou mais de um. Confesso que sempre desejei ter as habilidades do Batman, que nunca precisou de superpoderes para consertar o mundo, apenas de algumas invenções.

            Também gostaria muito de ter a capacidade de controlar o pensamento das pessoas, como o professor Xavier, dos X-Men: tenho certeza de que eu ajudaria o mundo a ser bem melhor. O Sarney, por exemplo, a essas horas, estaria jogando gamão numa casinha simples em Amapá, Estado que ele escolheu apenas para se eleger.

            O vilão Coringa também me chama a atenção por não precisar de nada, a não ser da inteligência para fazer o que bem entender. Se for certo ou errado, a perspicácia deste anti-herói deve ser celebrada.

            Mas os heróis do momento que estão movimentando as telas dos cinemas do mundo todo são “Os Vingadores”. Essa legião foi convocada para botar fim às mazelas e destruições causadas pelo vilão Loki. Thor, Homem de Ferro, Hulk, Viúva Negra, Capitão América e Gavião Arqueiro, cada um com seus poderes para parar o inimigo alienígena.

            O excesso de heróis não deixa a trama menos envolvente. Cada um tem o seu papel fundamental e atua magistralmente para que o enredo flua de forma agradável. Os espectadores não saem cansados depois das duas horas e 15 minutos de muita ação e comédia.

             Quando os heróis saem lutam entre si, o filme chega a alcançar o ápice. Quem tem mais poder? Qual pode derrotar o outro? Algum invencível? O martelo do Thor, o escudo do Capitão América, a força colossal de Hulk, o arco e as flechas do Gavião Arqueiro, a habilidade na luta da Viúva Negra e a armadura do Homem de Ferro são deleites à parte.

            Como entretenimento, o filme “Os Vingadores” é a melhor opção dos cinemas. Faz-nos lembrar da nossa infância e ainda nos causa certo furor em torcer por um ou outro.

            Loki não é um vilão à altura, mas deixa sua marca como escada para os benfeitores. Vale a pena conferir esse blockbuster. E fique mais um pouco depois dos créditos. Há mais a conferir.

4 Respostas to ““Os Vingadores””

  1. Shirley Maximo Alves maio 10, 2012 às 7:20 pm #

    Excepcional , muito bom…achei formidável a parte em que eleva-se o Pilates , trecho entre ” Capitão América e o Homem de Ferro”…sem dizer..cômico…muito bom !

  2. Bruno maio 12, 2012 às 10:55 am #

    A galera no cine foi ao delírio no momento em que o Hulck da uma surra no Locki….simplesmente fenomenal… E como foi dado a deixa no final, agora é aguardar a chegada de Thanus com as gemas,e será que teremos a entrada de novos vingadores? Visto que a série nos quadrinhos contava com mais heróis do que neste último enredo.

  3. Eliana maio 13, 2012 às 5:27 pm #

    Muuuito bom! Foi um dos melhores filmes de herói que eu já assisti! A única coisa que eu não achei digna, foi o fato de o homem de ferro bater de frente com o Thor, afinal, o cara é um Deus, e aquele martelinho faz um estrago muito grande pro homem de ferro conseguir encarar, mas enfim, fora isso adorei, será mais uma aquisição da minha coleção de filmes!

  4. Mehpehs junho 1, 2012 às 6:06 am #

    Uhuull Mto Loucoo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: